Causas das mudanças climáticas
MEIO AMBIENTE
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Procurar
Resultados por:
Pesquisa avançada

Deborah Rosa
Admin
Mensagens : 39
Data de inscrição : 23/08/2021
Ver perfil do usuáriohttps://www.drambientale.com
25082021
Causas das mudanças climáticas Mudanc11


Causas das mudanças climáticas



As mudanças climáticas podem ser causadas por fatores naturais, como as alterações na radiação solar ou movimentos da órbita da Terra. Porém, o IPCC afirma que há 90% de certeza que o aumento de temperatura na Terra está sendo causado pela ação humana ao longo dos últimos 250 anos.

A maioria dos cientistas do ramo concorda que uma das principais causas da atual tendência de aquecimento global é a influência humana na expansão do efeito estufa. Vale lembrar que o efeito estufa é um processo natural, do qual a vida na Terra depende. Caso toda a energia radiante do sol sobre a Terra retornasse ao espaço, teríamos um planeta ausente de calor e inabitável para a vida como a conhecemos, porém a influência antropogênica vem interferindo de forma a intensificar o efeito estufa, causando um aquecimento global abrupto que já vem prejudicando diversas espécies e ecossistemas. Ao longo do século passado, houve a queima de combustíveis fósseis, como carvão e petróleo, o que aumentou a concentração de dióxido de carbono (CO2) atmosférico. Isso acontece porque o processo de queima de carvão ou óleo combina carbono com o oxigênio do ar para formar CO2. Em menor escala, o desmatamento para a agricultura, indústria e outras atividades humanas tem aumentado as concentrações de gases de efeito estufa (GEEs).

As consequências desta alteração no efeito estufa natural são difíceis de prever, mas alguns efeitos prováveis são:
• De forma geral, a Terra se tornará mais quente – algumas regiões poderão apresentar temperaturas mais elevadas que outras;
• O aumento das temperaturas provavelmente resultará em maiores taxas de evaporação e precipitação, fazendo com que algumas regiões se tornem mais úmidas e outras mais secas;
• Um efeito estufa mais intenso iria aquecer os oceanos e derreter calotas polares, elevando o nível dos oceanos. As águas oceânicas se expandiriam devido ao aumento das temperaturas, também contribuindo para a elevação do nível do mar;
• Algumas plantas podem responder favoravelmente ao aumento do CO2 atmosférico, crescendo mais vigorosamente e melhorando a eficiência do uso da água.



O papel da atividade humana



As atividades industriais das quais a nossa civilização moderna depende elevaram os níveis de dióxido de carbono atmosférico de 280 partes por milhão (ppm) a 379 ppm nos últimos 150 anos. O IPCC também concluiu que há uma probabilidade superior a 90% de que os gases estufa produzidos pela humanidade (como o dióxido de carbono, metano e óxido nitroso) terem causado a maior parte do aumento observado nas temperaturas da Terra nos últimos 50 anos.


Radiação solar



É possível que as variações nas atividades solares tenham desempenhado um papel em mudanças climáticas passadas. Acredita-se, por exemplo, que um decaimento na atividade solar tenha desencadeado uma Pequena Era do Gelo, entre aproximadamente 1650 e 1850, quando a Groelândia foi coberta por gelo de 1410 a 1720 e geleiras avançaram para os Alpes.

Apesar disso, há evidências provando que o aquecimento global atual não pode ser explicado pela variação da atividade solar:
• Desde 1750, o valor médio da energia que vem do sol ou se manteve constante ou aumentou ligeiramente;
• Se o aquecimento foi causado por um sol mais ativo, então os cientistas poderiam esperar por temperaturas mais quentes em todas as camadas da atmosfera. Em vez disso, eles têm observado um resfriamento na atmosfera superior, e um aquecimento na superfície e nas partes mais baixas da atmosfera. Isso porque gases de efeito estufa retêm o calor na atmosfera inferior;
• Os modelos climáticos que incluem mudanças na irradiação solar não podem reproduzir a tendência da temperatura observada ao longo do último século ou mais, sem incluir um aumento dos gases de efeito estufa.



Efeitos das mudanças climáticas



As mudanças climáticas no mundo já apresentam efeitos ambientais observáveis. Geleiras encolheram, gelos em rios e lagos quebram mais cedo, variedades de plantas e animais mudaram e árvores passaram a florescer mais cedo.

Cientistas previram efeitos que seriam resultantes das mudanças climáticas no mundo e que agora estão acontecendo, tais como a perda do gelo nos oceanos, aumento acelerado do nível do mar, e ondas de frio e calor mais intensas.

Os cientistas acreditam também que as temperaturas globais continuarão a aumentar nas próximas décadas, em grande parte devido a gases de efeito estufa produzidos por atividades humanas. O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), que inclui mais de 1.300 cientistas dos Estados Unidos e outros países, prevê um aumento de temperatura de 2,5 a 10 graus centígrados durante o próximo século.

De acordo com o IPCC, os efeitos das alterações climáticas serão diferentes para cada região, dependendo da capacidade de cada sistema social e ambiental para mitigar ou se adaptar às mudanças.

O IPCC prevê que o aumento da temperatura média global de menos de 1-3 graus Celsius acima dos níveis de 1990 vai produzir impactos benéficos em algumas regiões e nocivos em outros. Custos anuais líquidos vão aumentar ao longo do tempo conforme a temperatura global aumentar.

De qualquer forma, cerca de 97% da comunidade científica global concorda que as tendências climáticas para o aquecimento ao longo do século passado, ocorreram em grande parte devido às atividades humanas.

Compartilhar este artigo em:redditgoogle

Comentários

Nenhum comentário

Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos